WhatsApp Image 2021-08-16 at 12.47.28
WhatsApp Image 2021-08-16 at 12.30.58
WhatsApp Image 2021-08-16 at 12.30.57 (2)
WhatsApp Image 2021-08-16 at 12.30.57 (1)
WhatsApp Image 2021-08-16 at 12.30.57
previous arrow
next arrow

Dr. Vicente critica “interferência política” que impede uso dos recursos de SC nas BRs 470, 280 e 163

Dr. Vicente se manifesta sobre polêmica no transporte público para deficientes de Joinville
29 de julho de 2021
Articulação do Dr. Vicente garante recursos para novo Raio-X no Hospital Jaraguá
30 de julho de 2021

Dr. Vicente critica “interferência política” que impede uso dos recursos de SC nas BRs 470, 280 e 163

A demora, por parte do Ministério da Infraestrutura, para a assinatura do convênio que irá permitir que o governo catarinense destine recursos do tesouro estadual  para acelerar obras em rodovias federais em Santa Catarina (BRs 470, 280 e 163) foi criticada pelo deputado Dr. Vicente Caropreso (PSDB) em uma publicação na rede social Twitter.

“Faz quase 60 dias que aprovamos a destinação de R$ 350 milhões do governo do Estado para acelerar obras.  Até o momento, o convênio que permite o repasse está parado no Ministério da Infraestrutura, devido a ‘interferência política’.Lamentável essa situação. Enquanto isso, engarrafamentos continuam e acidentes tiram vidas.”

Conforme a lei aprovada, o governo estadual repassará R$ 200 milhões para aplicar na obra de duplicação da BR-470, R$ 100 milhões para a obra de modernização da BR-163 e R$ 50 milhões na obra de duplicação da BR-280.

Impasse – O ponto de impasse está na aplicação dos recursos na BR-470. Enquanto o governo catarinense defende a concentração nos lotes 1 e 2, o órgão federal, devido a uma pressão política, insiste que os recursos sejam diluídos em todos os lotes da obra.

Respaldo da sociedade – A posição do governo catarinense atende demanda regional. No dia 30 de junho Dr. Vicente participou de reunião do governador Carlos Moisés com parlamentares, entidades empresariais, prefeitos e vice-prefeitos da Vale do Itajaí, que reivindicam a aplicação R$ 200 milhões nos lotes 1 e 2, trecho entre Navegantes e Gaspar, para que as obras nesse local sejam concluídas no ano que vem.

O assunto será novamente discutido quando o ministro Tarcisio Gomes Freitas for ouvido no Senado. A data não está confirmada. “Não é possível criar um cabo de guerra diante disso, enquanto tantas pessoas sofrem. A sociedade tem pressa. Não importa quem vai inaugurar a obra ou de onde vêm os recursos, a população quer é a duplicação concluída”, afirma Dr. Vicente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *