A SEGUNDA ONDA DA COVID EM SC

Destinação de recursos para entidades pode não acontecer como previsto
1 de outubro de 2020
SEDENTARISMO PODE MATAR
23 de janeiro de 2021

A SEGUNDA ONDA DA COVID EM SC

O conhecimento resultante das pesquisas científicas é a única arma segura que existe para o combate ao coronavírus.
Os profissionais de saúde não podem errar quando deles depende a saúde e a sobrevivência das pessoas e fazem seu trabalho mesmo pondo em risco suas próprias vidas. Muitos adoeceram, alguns faleceram e todos lidam com o medo de serem infectados ou de infectarem as pessoas com as quais convivem.
Mas mesmo todo este sacrifício se revela inútil quando vemos as regras sanitárias sendo desprezadas em nome da luta político-eleitoral que se trava desde o início da pandemia no Brasil e que nos fez ver políticos desprezando a saúde pública em busca de votos.
Em SC, com o apoio da população e mantendo as medidas sanitárias, mantivemos de abril a junho o melhor controle da doença no país.
Passamos dias difíceis em agosto, com altos índices de infecção e superamos. Mas no mês de outubro assistimos a um “liberou geral” que fez com que a população esquecesse ou fosse encorajada ao não cumprimento das medidas básicas de controle sanitário.
Os números voltam a preocupar agora. Algumas regiões entraram em situação de risco gravíssimo. O perigo nos ronda. Não sabemos ainda até quando.
Não podemos estimular a desobediência às medidas sanitárias nem esquecer os mandamentos cristãos e a Constituição, que põem a vida acima de tudo.
Não é hora de pormos em risco o que conquistamos com tanto trabalho e sofrimento.
Vamos nos cuidar e manter o trabalho em defesa da saúde e da vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *