Últimas postagens

Na tribuna, Dr. Vicente afirma que Alesc tem o dever de mostrar a verdade à população

“O que esperam de nós deputados? Colegas, vamos atender o clamor das vozes do povo, que quer saber o que está acontecendo e seremos os seus olhos e ouvidos para trazer a verdade à tona”, afirmou o deputado estadual Dr. Vicente Caropreso (PSDB) na tribuna da Assembleia Legislativa de SC, nesta quarta-feira (13). Ele refletiu sobre a crise no estado em decorrência da pandemia do novo coronavírus e de irregularidades no processo de compra de 200 respiradores pulmonares pelo governo do Estado.

Ao citar frase do ex-presidente americano, Abraham Lincoln: “Quase todos os homens são capazes de suportar adversidades, mas se quiser pôr à prova o caráter de um homem, dê-lhe poder”, o deputado afirmou que a crise revelou a qualidade de várias pessoas e expôs o lado oportunista de outras, que se aproveitaram do decreto de calamidade pública, que possibilita a dispensa de processo licitatório, para praticar malfeitos. “Essa crise pegou em cheio nossas instituições e revelou gente de qualidade, com espírito público, e outras, ao contrário, que se aproveitaram para dilapidar o patrimônio público numa hora como essa.”

A Assembleia Legislativa abriu CPI para investigar as irregularidades no processo de compra de 200 respiradores artificiais por R$ 33 milhões, já pagos pelo governo, mas que não foram entregues. O caso também motivou a apresentação de um pedido de abertura de processo de impeachment contra o governador Carlos Moisés, que ainda não foi deliberado. O escândalo também está sendo investigado dentro da Operação O2 (oxigênio) , força tarefa que envolve Ministério Público (MPSC), Tribunal de Contas do Estado (TCE-SC) e Polícia Civil que apura os responsáveis pela fraude no processo. O caso já resultou na exoneração dos secretários da Saúde e da Casa Civil do governo do Estado.

Falsos líderes

O deputado voltou a criticar lideranças políticas que menosprezam a gravidade da situação colocando vidas em risco e destacou a importância do Sistema Único de Saúde. “Nesta crise, ficou mais claro até onde pode o ser humano ser cruel com os outros e fazer das pessoas cobaias ou tratá-las apenas como CPFs. A conjuntura fez lideranças negarem o risco da doença e acusarem, mesmo de maneira cínica, que a saúde pública, com suas preocupações e diretrizes para salvar vidas, é a culpada pelo problema econômico e o desemprego. Falsos líderes têm provocado e estimulado uma baixa percepção do risco do contágio pelo Covid-19”.

Responsabilidade dos políticos

O deputado aponta para a necessidade de responsabilidade da classe política como caminho para enfrentar a crise. “Precisamos da política decente, pois é através dela que conseguiremos o entendimento, a razoabilidade, a concórdia, e a união para enfrentar esse momento. É preciso respeitar as pessoas, se colocar no lugar dos que estão sofrendo, perdendo seus entes queridos, e de quem está trabalhando em serviços essenciais. Imagine o sofrimento de um pai que não tem o que dar para sua família, de uma pessoa deficiente que foi demitida ou de um doente crônico sem remédio e agora impedido de trabalhar em função do risco”, argumentou Dr. Vicente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top