Últimas postagens

Dr. Vicente destaca dados que mostram eficiência de SC no tratamento do câncer infantojuvenil

O deputado estadual Dr. Vicente Caropreso (PSDB) participou esta semana (26/11) do lançamento da 4ª revista com os dados do Registro Hospitalar de Câncer (RHC), do Hospital Infantil Joana de Gusmão, que é referência em oncologia pediátrica em Santa Catarina. A apresentação foi feita pela médica oncologista Denise Bousfield da Silva. A publicação traz dados epidemiológicos e de sobrevida dos pacientes do período de 2014 a 2018 O câncer representa a primeira causa de morte por doença na faixa etária entre 1 e 19 anos no Brasil.

Há 20 anos, as chances de cura do câncer em pacientes infantojuvenis (até 15 anos) era de 35%, hoje a taxa de cura no país é de 64%. Em Santa Catarina o indicie de sobrevida alcança 85%. Entre 2014 e 2018 foram registrados 386 casos de neoplasias malignas em crianças e adolescentes no Hospital Infantil Joana de Gusmão.

“Isso é fruto do trabalho sério dos profissionais envolvidos, da pujança do hospital infantil e esforço do corpo clínico. O registro competente dos dados do RHC é fundamental para a pesquisa e para a avaliação correta do trabalho prestado pelo hospital, oferecendo dados estatísticos sobre o resultado dos tratamentos realizados”, afirmou o deputado, que é médico neurologista, ao relatar os dados do RHC aos demais parlamentares, durante reunião da Comissão de Saúde da Alesc.

Ele destacou outro dado positivo para o estado: o tempo entre a primeira consulta com o oncologista e o início do tratamento variou entre 2 e 17 dias. “Um dado excelente diante da lei federal que determina que o tratamento inicie no máximo em 60 dias. Sabemos que a sobrevida do paciente com câncer está diretamente ligada ao diagnóstico precoce e ao tratamento em centro de referência”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top