WhatsApp Image 2021-08-16 at 12.47.28
WhatsApp Image 2021-08-16 at 12.30.58
WhatsApp Image 2021-08-16 at 12.30.57 (2)
WhatsApp Image 2021-08-16 at 12.30.57 (1)
WhatsApp Image 2021-08-16 at 12.30.57
previous arrow
next arrow

Caropreso denuncia precariedade de atendimentos nas agências do INSS

Caropreso alerta cuidados com a margem dos rios em inauguração do Cigerd
13 de abril de 2018
Dr. Vicente luta em prol da Instalação de Consulado Italiano em Santa Catarina
25 de abril de 2018

Caropreso denuncia precariedade de atendimentos nas agências do INSS

O deputado estadual Dr. Vicente Caropreso (PSDB) denunciou a precariedade dos serviços nas agências do INSS no Estado. Em discurso em Plenário, nesta quarta-feira (18), o parlamentar afirmou que tem recebido inúmeras reclamações, por redes sociais e pessoalmente, de contribuintes que aguardam meses para o atendimento e posterior análise do seu benefício.

“Os atrasos nas concessões são causados por conta da insuficiência de pessoal, devido à aposentadoria em massa de servidores e a não recomposição do quadro. Essa situação acaba gerando demandas judiciais, ações que também travam na Justiça trazendo prejuízos maiores para o INSS e na qualidade do atendimento”, justificou Caropreso.

O deputado apresentou números de uma das gerências executivas focada no atendimento a demandas judiciais. “Dos 19 servidores lotados, cinco estão em licença médica, um em licença prêmio e um aguardando remoção para outra agência por problemas de saúde. Ou seja, apenas 12 estão na ativa”, comentou acrescentando que dos 19 lotados, nove já implementaram as condições para requerimento de aposentadorias e devem sair até fevereiro de 2019.

Concurso

Caropreso lembrou que em fevereiro, encaminhou ofício para a Superintendência Regional do INSS, com sede em Florianópolis, cobrando informações a respeito da convocação dos aprovados no Concurso Público realizado em 2015. Segundo ele, o retorno foi uma resposta com data de julho de 2017 em que dizia que “a área de Gestão de Pessoas do INSS está em fase de elaboração de sistemática para a realização de processo de remoção interna”.

O parlamentar lamentou a resposta vazia. “Em sete meses o INSS não conseguiu apresentar sequer uma minuta desse estudo para informar se, ao menos, será possível suprir em curto prazo essa defasagem.”

Na semana passada, em mais uma tentativa de resolver o impasse, Caropreso protocolou, em Brasília, ofício solicitando providências imediatas. “Precisamos assegurar o agendamento e análise dos benefícios em prazo razoável, bem como o atendimento de forma adequada a todos os contribuintes. Quem sabe, com uma atenção maior do poder público, poderemos em longo prazo ter um INSS mais bem estruturado, com condições melhores de trabalho para os servidores e a conseqüente redução de problemas ao atendimento à população”, finalizou o parlamentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *